EMERGÊNCIA
LIGUE: 193

Notícias

Campanha Bombeiro Sanguebom 2022



ORIENTAÇÕES PARA DOAÇÃO DE SANGUE


Requisitos básicos para a doação de sangue:
  • Estar em boas condições de saúde.
  • Ter entre 18 e 69 anos.
  • Pesar no mínimo 50kg.
  • Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas) e alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).
  • Apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial.
Alguns impedimentos temporários:
  • Gripe: aguardar 7 dias.
  • Gravidez.
  • 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana.
  • Amamentação (se o parto ocorreu há menos de 12 meses).
  • Ingestão de bebida alcoólica nas 4 horas que antecedem a doação.
  • Tatuagem nos últimos 12 meses.
  • Situações nas quais há maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis como não usar preservativo com parceiros ocasionais ou desconhecidos: aguardar 12 meses.
Dando cumprimento à Nota Técnica Nº5/2020 do Ministério da Saúde, a Pró-Sangue também atualizou o protocolo de triagem dos candidatos à doação de sangue, incluindo o coronavírus (COVID-19), seguindo orientações da área técnica. Lembrando que tais medidas visam preservar a saúde dos doadores.
Nesse sentido, no que diz respeito aos critérios de triagem em relação ao coronavírus, ficam estabelecidas as seguintes condições para a doação de sangue:

  • Candidatos que apresentaram infecção pelo COVID-19 são considerados inaptos por um período de 30 dias, após recuperação clínica completa (assintomáticos).
  • Candidatos que tiveram contato direto (domiciliar ou profissional) com casos suspeitos ou confirmados de contaminação por coronavírus devem aguardar 14 dias após o último dia de contato, para realizar a doação de sangue.
  • Profissionais da saúde (médicos, enfermeiros entre outros) que tiveram contato direto (domiciliar ou profissional) com pacientes devem aguardar 14 dias após o último dia de contato, para realizar a doação de sangue.
Alguns impedimentos definitivos:
  • Hepatite após os 10 anos de idade.
  • Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas.
  • Uso de drogas injetáveis ilícitas.
  • Malária.
Obs.: Consulte o site www.prosangue.sp.gov.br para saber mais a respeito de outros impedimentos. Outras situações serão definidas no ato da triagem clínica pela enfermeira ou pelo médico que realizarão o seu questionário.
  • Por: CCB

    Data: 27/05/2022